Plantão
Economia

Secretário Marcio Santos, e gerente da EMATER, Cleber, participam de dia de campo

Publicado dia 13/04/2019 às 20h00min | Atualizado dia 15/04/2019 às 12h58min
Secretaria de agricultura e meio ambiente de São Francisco do Guaporé e EMATER, participam de dia de campo especial em, Distrito de Tailândia-Jaru-RO.
Aconteceu neste sábado 13, na fazenda Vale do Rio Bonito, com inicio as 08h00min horas, com a presença de representantes de vários municípios do estado, entre as comitivas estava a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de  São Francisco do Guaporé representada pelo secretário Marcio Santos ( Marcio Sergipano), e Edson Viana técnico agrícola, e representantes de associações Rurais  e o gerente do escritório da EMATER-RO Cleber (Clebinho), com execução da comissão executiva do plano da lavoura CACAUEIRA(CEPLAC), Superintendência Regional de Desenvolvimento da Lavoura Cacaueira nos estados de Rondônia e Mato Grosso(SUROM),Centro de pesquisa e assistência técnica e extensão rural (CEPEX/CEPLAC/SUROM), Cacildo Viana Superintendente da CEPLAC/SUROM, Amarildo Pinheiro Virgulino, chefe da CEPLAC/SUROM, CAMARA SETORIAL DO CACAU Claudio Coimbra, Presidente, com apoio da Superintendência Federal da Agricultura.
No encontro aconteceu varias palestras relacionadas a cultura cacaueira, e formas de cultivos bem como a nova modalidade clonal da espécie com mais resistência, e o banco do Brasil, Basa, Sicoob estiveram presentes levando suas linhas de créditos.http://www.rota429.com.br/images/noticias/66f9fbf8d1f342bbfa.jpg
Os participantes voltaram empolgados com a s palestras e viram na cultura uma forma de diversificar as culturas de suas propriedades, com o intuito de fomentar esta cultura no vale do Guaporé, por ser uma região agrícola presidentes de associações rurais trouxeram em suas bagagens muito para expor aos sócios que com s=certeza vão quere saber mais sobre esta diversidade de cultura.
Marcio santo secretaria de agricultura do município de São Francisco do Guaporé, falou em entrevista que temso que acabar com a monocultura e diversificar com outras atividades que rendam e aumente a renda da agricultura familiar da região, pra nos o importante é poder ver formas de melhorar a qualidade de vida dos nossos produtores finaliza Santos.
Como um dos incentivadores da agricultura familiar Cléber falou da importância da participação nestas palestras, pois só assim podemos aumentar nosso conhecimento, e nos atualizando sempre, e falou em Nome da instituição    que ele representa que está sempre a disposição para prestar serviços com relação a esclarecimento e acompanhamento dentro de nosso conhecimento.    

 

Fonte: Loderval Romano DRT-1590/RO/Fotos Equipe de Campo