Plantão
Políciais

Polícias Civil e Federal prendem suspeitos de vários crimes em RO

Publicado dia 01/12/2018 às 16h29min
A Polícia Civil (PC) deflagrou na manhã de ontem (30), a operação “Império da Lei”, em Ariquemes, Ouro Preto e em Porto Velho, de combate aos crimes dolosos contra a vida, organização criminosa, entre outros.

Durante a entrevista coletiva, a delegada Fabiana Braguin, informou que os números ainda serão atualizados em vista que ainda faltam cumprir 59 mandados. Fabiana relata que a operação tem o objetivo de passar o recado aos agressores. “O agressor que descumprir as medidas protetivas, vai sofrer reação do Estado, e uma das reações é a prisão”, completou a delegada.

Segundo Braguin, Rondônia é o terceiro Estado mais violento quando se trata de violência contra a mulher. Desde abril deste ano, violar e desobedecer a ordem de medida protetiva, é crime com direito de prisão em flagrante sem fiança.

Ranking

De acordo com o Atlas de Violência Contra a Mulher, divulgado em 2018, pelo Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), Rondônia aponta a taxa de homicídio de 6,2 a cada 100 mil habitantes. O Estado ficou na quinta colocação, perdendo para Roraima, Pará, Goiás e Mato Grosso.

Medidas Protetivas

Rondônia carrega os dados em a cada mil mulheres, 2,1% receberam medidas protetivas em 2017 pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJ/RO). Os dados foram divulgados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Foram 2.155 medidas cedidas em 2017, apenas 148 a menos em relação ao ano de 2016 no Estado.

Operação em combate ao crime organizado

A Polícia Civil (PC) deflagrou na manhã de ontem (30), a operação “Império da Lei”, em Ariquemes, Ouro Preto e em Porto Velho, de combate aos crimes dolosos contra a vida, organização criminosa, entre outros.

De acordo com o delegado Rodrigo Duarte, a operação busca cumprir 15 mandados de prisão, sendo 11 prisões preventivas, duas prisões temporárias e duas prisões definitivas. Também serão cumpridas 10 cautelares de busca e apreensão, sendo oito buscas e apreensões domiciliares e duas de busca e apreensões de veículos.

Ao todo, são 55 policiais civis na ação. A operação foi batizada de “Império da Lei” por fazer alusão ao princípio jurídico que a lei deve governar uma nação.

Uma outra operação realizada ontem (30), foi deflagrada pela Polícia Federal (PF) para combater o tráfico de drogas e associação para o tráfico no Cone Sul de Rondônia. Denominada como operação “Cross”, até o fechamento desta edição, 100 pessoas haviam sido pessoas.

Ao todo, 60 policiais federais estão cumprindo os mandados judiciais. Segundo as informações parciais, foram sete prisões em flagrante. Armas, drogas e material químico foram apreendidos.

Durante as investigações relacionadas à Operação “Cross”, a Polícia Federal identificou três grupos especializados no tráfico de drogas na cidade de Vilhena, participantes de facções, promovendo ações criminosas no Cone Sul de Rondônia.

 

 

Fonte: Assessoria / Post: .Loderval Romano DRT-1590/RO